• Últimas notícias

    Usina Hidrelétrica de Itaipú

    A Usina Hidrelétrica de Itaipu é uma usina binacional localizada no Rio Paraná, na fronteira entre Brasil e Paraguai. Construída por ambos os países no período de 1975 a 1982, Itaipu foi por muito tempo a maior usina geradora de energia do mundo, perdendo este posto recentemente para a Usina Três Gargantas, na China.

     

     Com seu lago perfazendo uma área de 1 350 km², indo de Foz do Iguaçu, no Brasil e Ciudad del Este, no Paraguai, até Guaíra e Salto del Guairá, 150 quilômetros ao norte, além de suas vinte unidades geradoras de setecentos megawatts cada, Itaipu tem uma potência de geração de 14 000 megawatts.

     

     No ano de 2008, a usina atingiu seu recorde de produção, com 94,68 bilhões de quilowatts-hora (kWh), fornecendo noventa por cento da energia consumida pelo Paraguai e dezenove por cento da energia consumida pelo Brasil. Em 5 de maio de 1984, entrou em operação a primeira unidade geradora de Itaipu. As 20 unidades geradoras foram sendo instaladas ao ritmo de duas a três por ano, as duas últimas em março 2007, elevando a capacidade instalada para 14.000 MW, concluindo a usina.

     

    Trabalharam na obra 40 000 trabalhadores diretos.
     Para o material, foram usados 12 570 000 metros cúbico de concreto (o equivalente a 210 estádios do Maracanã e uma quantidade de ferro equivalente a 380 Torres Eiffel.
    O comprimento total da barragem é 7 919 metros.
     A elevação da crista é de 225 metros.
     A vazão máxima do vertedouro de Itaipu (62,2 mil m³ por segundo) corresponde a 40 vezes a vazão média das Cataratas do Iguaçu.
     A barragem principal tem 196 metros de altura, o que é equivalente a um prédio de 65 andares.

     Localização por satélite


    Exibir mapa ampliado

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário