• Últimas notícias

    Barragem de Vajont – Itália

    A Barragem de Vajont (ou Barragem Vaiont) é uma barragem abandonada, concluída em 1959 no vale do rio Vajont em Monte Toc, 100 km ao norte de Veneza, Itália. Um deslizamento de terra causou em 1963, o galgamento da barragem e cerca de 2.000 mortes. É uma das mais altas barragens em todo o mundo, com 262 m de altura, 27 m de espessura na base e 3,4 m no topo.
     
    Seu galgamento, em 1963 foi causado quando os engenheiros ignoraram a instabilidade geológica do Monte Toc, no lado sul da bacia. Os sinais de aviso e avaliações negativas durante as fases iniciais de preenchimento foram desconsiderados, e a tentativa de completar o enchimento levou a um deslizamento de terra, que criou uma onda que trouxe grandes inundações e destruição vale abaixo, destruindo completamente várias aldeias.
     
    Os trabalhos de construção começaram em 1957, em 1959 problemas foram notados, mas ignorados e a barragem foi concluída. Durante todo o verão de 1960, deslizamentos de terra menores e movimentos de terra foram observados. Em novembro de 1960, com o nível da bacia em cerca de 190 m dos 262 planejados, um deslizamento de terra caiu no lago. Foi baixado o nível e construída uma galeria artificial. Após a conclusão da galeria, foi reiniciado o enchimento sob vigilância controlada.
     
     Em 09 de outubro de 1963 às 10:39 pm, a combinação do desenho do reservatório e das fortes chuvas provocou um deslizamento de terra e rocha na barragem, provocando um enorme deslocamento de água, por cima da barragem. As inundações destruíram várias aldeias, matando cerca de 2000 pessoas e transformando a terra abaixo em uma planície de lama com uma cratera de impacto de 60 metros de profundidade e 80 metros de largura. Apesar disso, a estrutura da barragem permaneceu intacta.

    Localização por satélite

    Exibir mapa ampliado

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário